Consulta IPVA: Passo a passo – Veja como é simples

O IPVA é sem dúvida uma dívida constante de muitas pessoas por aí. Porém, infelizmente, quem ainda é novo nesse mundo tem lá suas dificuldades para conseguir efetuar o pagamento da forma devida, e logicamente, para consultar os boletos sempre que precisar fazer o pagamento.

Para ajudar você que tem esse problema, eu trouxe aqui algumas dicas sobre IPVA e sobre como você deve fazer para conseguir consultar os seus boletos sem maiores problemas no futuro.

consulta ipva

Quem precisa pagar o IPVA?

O IPVA, é uma sigla para imposto sobre a propriedade de veículos automotores. Ou seja, é um imposto referente a posse de veículos automotores em geral. Esse imposto é cobra de forma anual, e é direcionado diretamente a secretária da fazenda de cada estado do país.

Como o próprio nome já diz, o imposto é cobrado somente referente a propriedade de veículos automotores, ou seja, caso você ainda não seja proprietário de um carro por exemplo, você não terá que se preocupar com esse imposto.

Claro, em alguns estados, existem a possibilidade de isenção do imposto dependendo do quatro que você atua. Por exemplo, no estado do Amazonas, proprietários de veículos com mais de 15 anos de idade contando da data inicial do seu financiamento, não precisam mais se preocupar com o pagamento do IPVA.

A regra não é absoluta para todos os estados, portanto, para ter a certeza de que você realmente está incluso na lista de pagadores do IPVA, consulte a secretária da fazendo do seu estado para garantir se você de fato precisará começar a pagar.

Como fazer consulta para IPVA atrasado?

Para que você tenha a certeza se realmente pagou o seu IPVA ou não, hoje em dia, é possível que você consiga consultar essa informação através da internet.

Isso pode ser feito através do site da secretária da fazenda que o seu carro está registrado. Acessando o site, você vai conseguir ter a certeza de que pagou o seu IPVA ou não.

Basta que você acesse algum site de busca como o Google por exemplo, digite a seguinte frase “secretária da fazenda” mais o estado que o seu carro foi registrado. Agora, basta você procurar no site pelo menu imposto. Essa sessão, poderá mostrar a você o caminho que você deverá fazer para consultar o seu IPVA que se encontra atrasado no momento.

Para conferir os resultados, será necessário inserir o código Renavam e o número da placa.

Se você não encontrar a seção onde é possível fazer consulta IPVA atrasado, procure a informação no site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de seu estado.

Como pagar o IPVA atrasado?

No site da secretária da fazenda do estado que o seu site foi registrado, é possível que você não só consiga consultar os pagamentos em atraso do seu IPVA, como você também consegue emitir uma guia de pagamento do imposto. A partir dos dados do seu veículo, a guia será emitida e você não vai precisar mais se preocupar com isso! Basta fazer o seu pagamento.

Em alguns estados, é possível que você consiga fazer o pagamento no caixa eletrônico de alguns bancos que contém parceria com o governo estadual.

O que acontece com quem não paga o IPVA?

Se você perceber que realmente esqueceu de pagar o IPVA do seu carro por algum motivo que agora já não importa mais, o primeiro problema que você irá enfrentar é os juros que serão adicionados na guia de pagamento do imposto, juros esses que estão listados e tabelados no site da secretaria da fazendo do estado que o seu carro foi registrado.

Porém, o pior que pode acontecer é que você não terá condições de renovar o licenciamento anual do seu carro. Um licenciamento que é necessário para poder trafegar nas vias públicas naturalmente sem maiores problemas.

Afinal, segundo o parágrafo 2º do artigo 131 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), para o licenciamento ocorrer, não pode haver débitos “relativos a tributos, encargos e multas de trânsito”.

Essas foram as dicas que eu tinha para vocês com relação a como funciona o IPVA no nosso país. É importante que você se informe para saber bem como deve atuar no estado em que o licenciamento do seu carro está vigente.

Tabela FIPE Motos: Como é Definido o Valor ?

A Tabela Fipe motos é umas das ferramentas principais e mais precisas que apresenta os valores de mercado para motocicletas novas e usadas. Ela apresenta os preços médios de motos de diversas marcas, modelos e anos – que circulam por todo o país.

Mas você sabe como é definido o valor da Tabela Fipe motos? Para se chegar a esses indicativos, as pesquisas são realizadas por diversos profissionais altamente qualificados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.

A seguir, você fica sabendo com detalhes como os valores de motos usadas e novas são definidas dentro da Tabela Fipe.

tabela fipe motos

Cálculo dos valores da Tabela Fipe motos

A Tabela Fipe motos é atualizada todos os meses. Para se chegar ao valor definido para cada motocicleta que confira a lista da Fipe, alguns passos são realizados. Confira abaixo:

  1. Uma equipe de mais de 40 profissionais especializados realiza pesquisas mensalmente em todo o país,
  2. Essas pesquisas de preços para a Tabela Fipe motos são realizadas em, pelo menos, 24 estados brasileiros,
  3. O 1º passo dessa pesquisa é o “Levantamento de Dados”. As pesquisas são realizadas em concessionárias, lojas, com consumidores, pela internet, entre outros. Estima-se que mais de 100 levantamentos de preços são feitos mensalmente,
  4. O 2º passo é o chamado “Descarte de Dados”. De posse de valores sobre cada motocicleta nova ou usada, são desprezados em valores em discrepância com a maioria – ou seja, não são considerados preços muito acima ou abaixo para cada moto.
  5. O 3º passo é calcular a média dos valores para cada veículo consultado que configurará na Tabela Fipe motos,
  6. Em seguida, os profissionais responsáveis pelo levantamento levam em consideração um percentual para cada valor, que dizem respeito à inflação, índices de variação de mercado, regiões diferentes do país consultadas e a perda natural durante a transação de compra e venda dos bens novos e usados,
  7. Esse percentual é descontado do valor médio obtido para cada motocicleta nova ou usada. O valor descontado varia entre 2 a 3%,
  8. Assim, estão calculados os valores médios de cada motocicleta nova ou usada que constará na Tabela Fipe motos,
  9. Vale ressaltar que, no mês seguinte, todo esse procedimento é novamente realizado, para que a Tabela Fipe fique atualizada todos os meses.

 

Utilidades da Tabela Fipe motos

Como foi mencionado, a Tabela Fipe é um dos principais e mais precisos levantamentos sobre os preços médios das motocicletas novas e usadas do país. Ela tem importantes função em muitos casos, como:

Permite obter o preço real de mercado das motos

Por meio da Tabela Fipe motos, você pode usá-la quando for vender ou comprar uma motocicleta. Seja em uma transação direta entre consumidores ou por meio de concessionárias ou lojas, vale questionar eventuais discrepâncias no preço praticado nessas negociações e o preço indicado pela Tabela Fipe.

Seguradoras x sinistros

Muitas das seguradoras, para atrair clientes, prometem indenizações com base nos preços da Tabela Fipe motos, em casos de sinistro. Caso essa condição conste mesmo no contrato, vale a pena considerar fechar um seguro moto com essas empresas.

Isso evita que, em caso de sinistros, a seguradora atribuía a sua moto valores muito abaixo daqueles levantados pela Tabele Fipe – fazendo com que você saia no prejuízo, em casos de sinistros com o seu veículo.

Calcular o valor médio do IPVA

O IPVA (Imposto sobre a propriedade de veículos automotores), como você deve saber, necessita ser pago todos os anos por proprietários de veículos, incluindo motocicletas. Com a Tabela Fipe motos, você consegue fazer uma previsão de quanto pagará pelo seu próximo imposto.

Para isso, consulte o valor da sua moto na Tabela e calcule, em cima desse preço, o índice praticado pelo IPVA. Vale lembrar que cada estado cobra um percentual diferente do valor venal do automotor para determinar o valor do imposto.

Você pode ficar por dentro desse percentual, praticado no seu estado, por meio do Detran (Departamento de Trânsito) do estado onde a sua motocicleta está emplacada.

 

Possibilita medir a depreciação do seu bem

Fazendo as consultas mês a mês no site da Tabela Fipe motos, você fica sabendo o quanto a sua motocicleta deprecia a cada mês e ano. Dessa forma, se a depreciação for muito alta, você pode optar por trocá-la por outra que apresente menos depreciação – para que você não saia perdendo na hora de vendê-la.

Como funciona as inscrições do Fies e Prouni 2019

As Pessoas que realizaram sua inscrição destinada para o Fundo de Financiamento Estudantil, Fies, poderão acompanhar a data de  1º de fevereiro que será divulgado a lista de estudantes, caso não consiga olhar na data, o resultado será postado no site.

Quando o aluno estiver participando, a sua jornada será menor e suas chances de garantir a sua vaga e realizar a sua inscrição poderá ser ainda maior.

inscricao fies e prouni

Caso os Alunos queiram tirar notas boas, necessitam ficar atentos a matéria e também atentos as questões de prova que possivelmente poderão cair.

Regras segundo as nota obtidas no Enem

·         Maior nota na prova de redação;

·         Maior nota na prova de Matemática e suas Tecnologias;

·         Maior nota na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

·         Maior nota na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

·         Os candidatos selecionados devem apresentar a seguinte documentação.

 

Regras Por parte do estudante:

Deverá levar o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI), que por sua vez deve ser emitido na CPSA.

Deverá levar também o Documento de identificação que por sua vez deverá ter e vir acompanhado com foto;

Por parte do fiador:

 Deverá trazer também um Documento de identificação que deverá vir com foto;

Levar os documentos de CPF; acompanhado de Certidão de casamento, trazer o CPF e acrescidos de documento de identificação do cônjuge. O Interessado deverá levar também um comprovante de residência somado a um Comprovante de rendimentos.

Inscrição do Prouni 2019:

Já com relação ao Prouni 2019, para realizar a sua inscrição, saiba primeiramente que ela poderá ser realizada de forma gratuita, e o modo como deve ser realizado é pela internet, diretamente e exclusivamente na página do Prouni.

No entanto, os interessados poderão pesquisar na internet e consultar quais são as instituições e onde estão disponíveis os cursos que disponibilizam alguma oferta de bolsas na qual faz parte do processo seletivo, que será realizado inicialmente e primeiramente no início do primeiro semestre de 2019.

As pessoas que poderão participar são:

Estudantes que estejam devidamente egressos no ensino médio e estejam direcionados a uma instituição da rede pública ou então estejam direcionados a uma rede particular e esteja também participante da condição de bolsistas de forma integral da própria escola.

– Estudantes que possuem deficiência também poderão participar do Processo seletivo.

– Professores que designam na rede pública de ensino, e estejam no efetivo exercitando o seu magistério com foco na educação básica, e também necessitam ser integrantes e participantes do quadro de pessoal na sua rede pública. É indispensável comprovar renda.

5 dicas de como estudar para concursos

 

estudar para concursos

Estudar para concursos públicos não é uma missão tão fácil, porque na maioria dos editais são muitos conteúdos a serem vistos e aprofundados, e não existe uma fórmula mágica de como estudar que funcione para todos e garanta a aprovação.

Devido a essa quantidade de conteúdo a ser estudado, nunca espere que o edital seja lançado para começar a estudar para a vaga dos seus sonhos! Porque quando o edital é publicado você geralmente tem menos de 60 dias para se dedicar aos estudos.

Como Começar a Estudar para Concursos?

1 – Comece escolhendo a Área de Atuação.

Fiscal, saúde, bancário, polícia, tribunal, legislativo, cada área requer do candidato conhecimentos específicos.

Estudar para duas áreas totalmente distintas pode não ser uma boa estratégia, porque será necessário muito tempo dedicado aos estudos para aprender tudo que é previsto em duas áreas diferentes.

Escolha uma área de atuação de acordo com as temáticas que você possui mais afinidade, e a partir disso comece a estudar!

2 – O passo inicial nos Estudos

A preparação a longo prazo é muito mais eficaz que a corrida contra o tempo de quando o edital é publicado.

Aposte em começar a estudar quando o edital estiver previsto, e dedique-se aos estudos diariamente.

Você deve se basear nos últimos editais para o mesmo órgão e cargo, porque normalmente os conteúdos não variam tanto de um edital para o outro.

 

3 – Hora do Planejamento

Para estudar é preciso organização, planejamento e rotina! Principalmente quando não se tem a data prevista para a prova, é comum que o candidato procrastinar ou estude de forma irregular, estudando um dia e deixando de lado no outro.

Isso não funciona! Comece estudando pelas disciplinas básicas para a vaga que você deseja ocupar, assim você revisa conteúdos que já conhece.

Tente planejar seus estudos para que você consiga estudar diariamente e que todas as matérias previstas sejam vistas ao longo da semana.

Se você montar seus horários de estudos de forma estratégica e estudando semanalmente todas as matérias previstas, não ficará atrasado com nenhum conteúdo e não correrá o risco de esquecer de estudar algum tema previsto.

Monte um cronograma de estudos que você consiga cumprir e nunca deixe que outras tarefas ocupem seu horário de estudos, trate esse momento como prioridade na sua vida.

 

4 – Organizando o Material de Estudos

Como você prefere estudar? Videoaulas? Apostilas em PDF? Encontrar o método de estudos que você mais se adapta é essencial para melhorar seu rendimento.

Os materiais em PDF costumam ir direto ao ponto e agilizar o processo de estudos, além de abranger o conteúdo de forma mais ampla.

As videoaulas são mais monótonas e geralmente duram uma hora explicando o conteúdo.

Você também pode optar por utilizar os dois métodos de aprendizagem em sua preparação, assim, utiliza as aulas para tirar alguma dúvida que não ficou clara apenas com a leitura da apostila, por exemplo.

 

5 – Desistir? jamais.

estudar para concursos

Estudar para concursos é um verdadeiro desafio pessoal, onde é preciso vencer a procrastinação e a desmotivação.

É normal se sentir desmotivado e não ter vontade de estudar um dia ou outro, mas é preciso se manter focado e estudando conforme o planejado mesmo que você esteja cansado.

É preciso sempre ter em mente que estudar é um investimento a longo prazo e que cada pessoa precisa de um tempo para atingir a aprovação, e sua vez também irá chegar se você não desistir.

Esperamos que essas dicas te ajudem na sua preparação e você conquiste a vaga que deseja! Se ainda ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão, deixe seu comentário!

Documentos para seguro auto: quais são necessários?

Em uma sociedade onde a pressa é a prioridade, incidentes são muitos comuns, não só eles, mas estamos cercados por injustiças e fatalidades como roubos, incêndios, acidentes no trânsito entre outros. Possuir seguro automotivo hoje se tornou uma prioridade, questão de segurança para a família e para o proprietário, é se prevenir e se guardar de perigos comuns no dia a dia.

Documentos para seguro auto

O seguro é uma forma de se prevenir da grande exposição contra gastos abusivos. As seguradoras permitem que o segurado escolha o tipo de cobertura que mais lhe convém e o melhor com os benefícios que for mais adequado. Desde um incidente com parte mecânica até colisões graves o seguro possui grandes benefícios vinculados a sua franquia, um gasto mínimo para adquiri-lo e manter-se tranquilo.

A diversidade de seguradoras e opções de seguros é ilimitada desde seguro para celulares até residências. Para adquirir um seguro é preciso ter documentação regularizada do veículo, é importante que o veículo não tenha pendências na contratação como multas, IPVA e licenciamento em atraso. É necessário ser maior de idade, documentos de identificação como RG, CPF e CNH.

Pessoas entre 18 e 25 anos estão na chamada “idade de risco”

Ao procurar uma seguradora vários pontos são analisados, pois o seguro nada mais é do que analisar os riscos que você pode correr afinal ninguém contrata porque quer bater o carro ou ser roubado, mas o seguro é uma prevenção de riscos. O histórico do condutor é analisado, a idade de risco que ocorre dos 18 anos até 25 anos.

O modelo do veículo também pode influenciar, modelos mais novos geralmente possuem um valor mais alto e os modelos mais tradicionais possuem valores mais acessíveis. Locais por onde o veículo transita, pernoita também são pontos levantados pela seguradora automotiva.

Além de oferecer tranquilidade por ter um seguro as seguradoras ainda contam com serviços adicionais que podem ser adquiridos na contratação, benefícios que podem deixa-lo ainda mais tranquilo em um momento de desespero e preocupação como, por exemplo, assistência 24 horas, carro reserva, translado.

Um benefício oferecido é que se não utilizado o seguro o proprietário acumula pontos com a seguradora e recebe classe de bônus nas renovações o que diminui o valor com o tempo. Cada seguradora utiliza uma estratégia diferente para tentar chegar até o cliente final que são os motoristas.

Você pode personalizar o seu seguro da forma como preferir

Uma questão muito interessante sobre os seguros automotivos é que você pode personalizar seu contrato da forma que achar mais conveniente. Algumas coberturas adicionais podem deixar o valor mais alto, porém se são interessantes para você, cabe a negociação junto a seguradora.

Independente do seu veículo ou ainda da seguradora escolhida por você, o importante é optar por um seguro veicular para seu automóvel, pois na realidade do trânsito brasileiro, isso torna-se quase que obrigatório. Os seguros ajudam a proteger não só o seu carro como também a sua segurança, por isso não pense duas vezes em gastar um pouco mais para garantir a sua tranquilidade e não se esqueça dos documentos necessários para o seguro automóvel.

Vantagens de medir a velocidade de internet

vantagens medir velocidade internet

Ao contratarmos um plano, logo, pensamos em suas vantagens e na hora de assinar o contrato escolhemos o que tenha a melhor velocidade de internet. Mas, em determinados momentos nos deparamos com os problemas de conexão com a internet, por exemplo, lentidão e falha no sinal. A questão é que ficamos em dúvida se o problema está no pacote contratado, cobertura da rede de onde moramos ou outros fatores.

Através dos testes de velocidade de internet podemos medir a nossa conexão, identificando qual o problema e analisamos o resultado da velocidade de download, upload e latência, que são os principais serviços de internet.

Conheçam neste artigo as vantagens de medir a velocidade de internet.

Porque medir a velocidade da internet

Velocidade de internet real

Muitas vezes ao assinar o contrato com a provedora, não prestamos atenção por estarmos empolgados e ansiosos para receber o serviço de internet.  Mas, se observarmos detalhadamente o contrato, saberemos que a empresa pode não proporcionar a velocidade máxima do plano oferecido, devido a diversos fatores, como exemplo, horários de pico em que as pessoas utilizam a mesma rede e a velocidade de internet pode não ser tão satisfatória.

Porém, é preciso levar em consideração que se o resultado tiver uma diferença que ultrapasse um valor considerável do que foi contratado, deverá ser realizado o contato com o provedor para informar e negociar mais velocidade de internet ou a redução no valor do plano.

O principal motivo para medir a velocidade de internet é obter o resultado real de mega que a provedora contratada está oferecendo, para ajuda você a identificar o problema com a conexão.

Se o problema não for com o provedor      

Outra vantagem de medir a velocidade de internet é que, na maioria das vezes, colocamos a culpa no provedor quando o motivo para conexão ruim pode não ser esse, portanto, realizando o teste podemos descartar essa opção de má qualidade do serviço oferecido e avaliar outros detalhes que podem estar prejudicando a sua velocidade de internet.

Alguns fatores como os que citaremos a seguir, devem ser evitados caso queira melhorar a sua velocidade de internet sem ter que pagar a mais por isso e ter dor de cabeça trocando de plano.

  • Muitos aparelhos conectados à mesma rede Wi-Fi;
  • Roteador estar localizado longe do computador ou com outros objetos, como exemplo, aparelhos de TV e som em sua frente, o que pode causar interferência no sinal;
  • Aparelho roteador de internet que não esteja funcionando direito;
  • Cobertura da região em que reside (Condições como localização, local chuvoso e outros);
  • Utilizar o serviço de internet em horários de congestionamento de rede, onde muitas pessoas utilizam o serviço do mesmo provedor em certo horário, o que pode prejudicar a velocidade de internet;

Identificar o melhor serviço de internet

Sabemos que com o uso essencial e fundamental da internet no dia a dia, a população sempre escolherá o plano que tenha a melhor oferta de velocidade de internet, seja para carregar vídeos, baixar filmes e games, trabalhar, estudar e outros.

Os testes para medir a velocidade de internet permitem que qualquer cidadão com pouco ou maior grau de conhecimento, avalie a qualidade da internet contratada. Inclusive, algumas pessoas até fazem o teste de velocidade para identificar qual o melhor serviço de internet.

Medir a velocidade de internet é muito importante, pois o número de habitantes de todo o mundo que utiliza esse serviço cresce a cada dia e ter certeza de que estamos recebendo a velocidade da internet de qualidade é direito de cada cidadão.

VIVO FIBRA: CONHEÇA ESSA NOVA TECNOLOGIA E VEJA AS VANTAGENS

Você já deve ter ouvido falar dessa super novidade exclusiva da Vivo. Trata-se da internet Vivo Fibra Óptica.

vivo fibra

A tecnologia da Vivo Fibra funciona por meio de um sistema de sustentação de vidro cilíndrico, flexível e transparente. Possui ainda dimensões que se comparam a espessura fina de um fio de cabelo.

Em razão desses materiais extremamente modernos, que compõe a Vivo Fibra internet, torna-se possível um trafego de informações muito mais rápido na hora da navegação pela web. Com essa tecnologia exclusiva da Vivo Fibra Óptica internet, o acesso à web permite uma transmissão com uma qualidade milhões de vezes maior do que a internet via cabo.

A velocidade da transmissão de dados da internet se assemelha a velocidade da luz. Inacreditável, não?

Saiba mais sobre a Vivo Fibra internet

Atualmente, se você optar por uma conexão à internet banda larga com alta velocidade, irá receber cerca de 10 MB – o que permite downloads de 1,25 MB por segundo. Porém, com a Vivo Fibra Óptica, a velocidade que você terá pode atingir até incríveis 10 GB, com downloads de 1.280 MB por segundo. Sensacional, não?

E além da qualidade da conexão à web, a Vivo Fibra internet apresenta uma inigualável estabilidade de sinal. Isso porque essa tecnologia apresenta menos interferências na sua rede, com eventuais quedas de sinal, quando chove forte, por exemplo.

Contando com o recurso da internet Vivo Fibra, a preocupação de ficar sem conexão à web praticamente não existe. A web pode ser normalmente acessada mesmo em dias de chuvas fortes, também o risco de quedas de sinal é mínimo em comparação à internet via cabo.

Disponibilidade da Vivo Fibra Óptica

A pretensão da empresa é disponibilizar essa incrível tecnologia a todas as localidades do país. No entanto, em razão de questões de localização e da estrutura necessária para a instalação, o recurso pode levar mais um tempo para chegar a localidades mais distante das grandes cidades.

Até o final de 2017, o recurso da internet Vivo Fibra já estava presente em 17 estado do país. A tendência é que, a cada ano, mais estados brasileiros façam parte da cobertura da Vivo Fibra internet.

De qualquer forma, se você quer ter acesso ao recurso, pode consultar facilmente no site da Vivo se a sua região já conta com o serviço da Vivo Fibra Óptica.

Para isso, basta acessar o site Vivo Fibra e colocar a sua cidade.

O sistema fornece a informação se o recurso já está disponível para a região em questão.

Contratar a Vivo Fibra Óptica Internet

Caso a região desejada já possua a cobertura para a Vivo Fibra internet, basta que você solicite a contratação!

Vantagens da Vivo Fibra Óptica internet

Além de todas as vantagens que já foram mencionadas, ao optar por assinar a Vivo Fibra, você pode ter acesso a outros recursos. Entre eles, pacotes que oferecem diversos canais de TV por assinatura em HD, wifi grátis e serviço Vivo de telefonia fixa.

Vantagens como essas, dificilmente você encontrará em outras empresas que oferecem serviços de internet ou de TV por assinatura.

Conte com a mais moderna e melhor tecnologia de acesso à web, com a Vivo Fibra Óptica internet. Relembrando, o número do telefone para mais informações e para contratar o serviço é 0800 770 9800.

Vale ainda ressaltar que o assinante da Vivo Fibra pode optar por diversas velocidades para a internet. Entre elas: 50, 100, 200 ou 300 mega.

Como Funciona e a Eficácia Da Leitura Dinâmica

eficacia leitura dinamica

Com uma vida tão agitada, quem adora ler fica sempre com a cabeceira lotada de livros, mas dificilmente consegue ler alguma coisa por completo. Com nossa vidas sempre cobrando de nós mais agilidade em tudo, ler um pouco mais rápido do que o normal seria com certeza uma ´´mão na roda“.

Por isso a técnica da Leitura Dinâmica foi criada, pois é a forma mais rápida e eficiente de alguém conseguir ler o maior número de livros possíveis e manter sua estante sempre vazia de antigos títulos e cheia de novos exemplares. Mas como funciona a Leitura Dinâmica? Realmente funciona? Saiba mais agora.

Leitura Dinâmica

Não se sabe exatamente quem é o criador da técnica, porém ela foi desenvolvida por inúmeros escritores e jornalistas e se tornou a forma mais eficiente de ler com agilidade e compreensão. Um desses escritores foi Tony Buzan, escritor inglês que precisava ler muitos livros se quisesse ter ideias e um vocabulário extenso na hora de criar suas histórias.

Ao perceber que não conseguiria ler muitos livros por mês, apostou na técnica da Leitura Dinâmica e potencializou sua leitura, garantindo mais livros lidos e até melhorou seu trabalho, conseguindo escrever com mais agilidade e entregando livros com mais qualidade.

Leitura Dinâmica Funciona?

Segundo os defensores da técnica da Leitura Dinâmica, ela não só funciona como é possível ler um livro de pouco mais de 200 páginas e apenas algumas horas. O que parece ser uma loucura e algo impensável, é defendido e garantido que realmente é possível.

eficacia leitura dinamica

Por outro lado, existem aqueles que não creem que seja possível alguém ler com tamanha rapidez e pior, entender o que está lendo. O que se sabe é que a Leitura Dinâmica pode ser eficiente para qualquer pessoa que queira ler com mais fluidez, entendimento e claro, agilidade.

Ou seja, uma pessoa que leva 1 semana para ler um livro de 300 páginas por exemplo, pode diminuir esse tempo para 3 ou 4 dias.Com certeza uma grande eficiência! O verdadeiro segredo é que para ser um leitor dinâmico é preciso praticar sempre.

Dicas Para Ler Mais Rápido E Melhor

Muitas técnicas fazem parte da Leitura Dinâmica e muitas são as dicas para que você consiga se preparar melhor e ainda ler muito melhor:

Para ler melhor, acabe com todos os ruídos

Desligue o celular, tv e enfim, tudo o que possa atrapalhar sua leitura. Esteja em um local bem iluminado ou com uma iluminação confortável como de um abajur. Procure tirar todos os ruídos que deixem sua leitura ineficiente.

Forme blocos de leitura

A melhor forma de ter uma leitura eficiente é ler em blocos, ou seja, ler textos que tenham tópicos separados ou blocos de no máximo 6 grupos de palavras e que dessa forma, facilitem a leitura. Se o que estiver lendo como um livro antigo, não tiver essa divisão, aprenda visualmente dividir o que lê dessa maneira. Assim com o tempo e prática, você conseguirá ler com mais fluidez.

Leia de tudo

Se você adora livros de romance policial mas odeia notícias de celebridades, permita-se pelo menos uma vez ou outra ler esses textos não tão interessantes. Em geral são mais simples no uso das palavras e as informações fúteis e irrelevantes, porém pode deixar sua mente mais ampla para conseguir ler qualquer coisa.

Depois leia livros complexos como a Metamorfose de Franz Kafka e Dom Casmurro de Machado de Assis, assim com certeza estará deixando sua leitura sempre mais rica e abrangente.

Evite reler

Ainda que você não tenha entendido uma parte do livro e queira reler para entender, evite isso a qualquer custo. Reler não só é uma regressão como algo que atrapalha a agilidade de um leitor que busca ler mais rapidamente. Acredite, mais a frente você lerá algo que esclarecerá o que não entendeu, portanto não volte e siga em frente!

Não fale enquanto lê

Um grande erro de muitos leitores, especialmente os iniciantes, é o hábito de falar ou movimentar a boca enquanto lê. A fala é mais lenta que a visão e acaba dificultando e muito o processo de conseguir ler com mais agilidade. Portanto na hora de treinar sua leitura, se habitue em ler sem pronunciar qualquer palavra e com certeza conseguirá ler mais rápido.

Cronometre sua leitura

eficacia leitura dinamica

Um leitor comum lê 150 palavras por minuto, porém um leitor dinâmico consegue chegar a marca das 800 palavras por minuto! Pode parecer algo impensável, mas se você praticar um pouco todos os dias, conseguirá alcançar essa marca rapidinho.

A dica? Coloque o cronômetro do celular ou um cronômetro mesmo para calcular quantas palavras lê em 1 minuto. Quanto menos palavras ler nesse tempo, maior deverá ser sua prática para alcançar o objetivo.

Leitura Dinâmica Na Fbv Cursos

Leitores que querem potencializar seu poder de leitura, não podem deixar de conferir o curso de Leitura Dinâmica da FBV Cursos. Seguindo todas as técnicas de leitura rápida, o leitor irá melhorar sua leitura e de bônus terá a escrita potencializada também.

Acesse agora a FBV Cursos e confira o curso Leitura Dinâmica. Matricule-se já!

O que é empreendedorismo digital

Nos últimos anos, como você percebeu, o mercado digital cresceu de forma descontrolada. Várias lojas físicas agora têm versões online onde se compra sem sair de casa.

Esse crescimento tende a aumentar ainda mais, e há milhões de pessoas ganhando dinheiro nesse ramo. Essas pessoas se entregaram ao empreendedorismo digital.

Esse empreendedorismo é exatamente o mesmo existente no mundo físico, porém, agora ele é feito nas mídias digitais.

empreendedorismo digital

Empreendedorismo digital é em termos práticos, a criação de um negócio onde você deseja vender seu produto ou serviço, porém, todo feito pela internet.

Há uma infinidade de maneiras de conseguir lucrar na rede, mas irei contar aqui quais são as mais comuns. Basicamente, você pode desenvolver um produto próprio ou pode vender o produto de terceiros.

No caso de desenvolver seu produto, você o cria com base em algum conhecimento prévio e o vende na internet. Pode ser por meio de um blog, site ou por um link compartilhado.

A outra opção que falei é a venda de produtos de terceiros, se você tem certa influência nas mídias digitais essa opção pode ser bastante útil. Você se torna um afiliado em anuncia um produto em que acredite ter um bom público, depois do anuncio, você ganha uma porcentagem por cada venda.

Essas são as duas principais práticas do empreendedorismo digital.

PRIMEIROS PASSOS

        Para começar no ramo do empreendedorismo digital, a primeira coisa a fazer é escolher um nicho específico. Você precisa escolher uma área em que já tenha um certo conhecimento.

Claro que você não deve por exemplo, escolher trabalhar com artigos esportivos sem gostar de esportes, ou mesmo decidir entrar no ramo literário sem gostar de ler. Essas são dicas básicas.

Depois de definir seu nicho, inicie um método para divulga-lo. Você pode desenvolver um blog ou um canal no YouTube, mas saiba que esse caminho será difícil.

Conseguir criar um grupo de seguidores é uma tarefa bastante complicada, além de demandar tempo.

NÃO VAI CHOVER DINHEIRO

        Grande parte das pessoas que entram no mundo do empreendedorismo digital acreditam que irão ganhar dinheiro rápido e fácil. Logo percebem que isso é puro mito.

Para conseguir monetizar seu blog ou canal, vai ser preciso muito tempo e muita paciência. Um dos maiores pecados de quem está começando é ter por objetivo, simplesmente enriquecer.

Com essa ideia consumista na cabeça, não dá pra criar conteúdo de qualidade para conquistar seguidores, isso não dará certo de maneira nenhuma. Sem contar que o empreendedorismo digital é uma das melhores formas de conseguir dinheiro estando desempregado.

empreendedorismo digital

NÃO FOQUE NO LUCRO

        Depois de conseguir um fiel grupo de admiradores já é possível começar a expor seu produto, ou o produto que você vá vender. Dando assim, início ao seu empreendedorismo digital.

Mas é muito importante que você não tente vender sempre os produtos com as melhores comissões. Pensar sobre quais produtos seus seguidores tem interesse é fundamental.

Não adianta querer vender camisas de futebol se o perfil de seus fies seja de músicos profissionais.

Do mesmo modo não indique ou anuncie um produto do qual você não conhece a qualidade. É muito difícil conseguir público, porém é demasiado fácil perde-lo.

Imagine que todos comprem o que você anunciou e o produto é ruim, você vai perder tudo que lutou para conquistar por uma bobagem. Então a atenção é essencial para o sucesso

 

Todos podem ser empreendedores na internet, basta empenho, persistência e criatividade. Será difícil, é claro, mas realmente é possível ganhar dinheiro assim.

O empreendedorismo digital não para de crescer, como eu disse no início desse artigo, e você pode ser o mais novo membro desse grupo fantástico.

Espero ter lhe ajudado, boa sorte e se lembre das coisas que eu disse. Não foque no lucro, foque na qualidade, o lucro será consequência.

DPVAT: Veja as principais dúvidas sobre este seguro

O DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) nada mais é do que um seguro obrigatório. Deve ser pago todos dos anos pelos proprietários de veículos automotores de todo o território nacional – de acordo com a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados).

Mas muita gente, mesmo pagando pelo seguro DPVAT ainda tem dúvidas em relação a esta taxa.

DPVAT

A seguir, então, você confere 5 questões básicas em relação a este seguro.

5 principais dúvidas sobre o seguro DPVAT

Não se mantenha desinformado sobre o seguro DPVAT. Se você paga por esta taxa deve ter, pelo menos, as informações básicas sobre ela, não acha?

Então, veja, a seguir, as 5 dúvidas básicas que as pessoas têm sobre o seguro DPVAT:

1. Quais são as coberturas oferecidas pelo seguro DPVAT?

O seguro DPVAT faz a coberta, essencialmente, da vida das pessoas no trânsito. Isso inclui motoristas, passageiros e pedestres envolvidos em um eventual acidente.

Há indenização de gastos com, por exemplo, invalidez permanente, falecimento ou de despesas médicas de qualquer uma das pessoas envolvidas no acidente de trânsito.

2. O seguro ressarce o dono do automotor por danos materiais?

Não. O seguro DPVAT só faz a cobertura de danos sofridos pelas pessoas envolvidas em um acidente de trânsito (vide item anterior).

Não há cobertura, por exemplo, para danos materiais sofridos pelo automotor durante o acidente. O conserto do veículo é de responsabilidade do proprietário ou do dono do outro automotor, caso ele tenha sido o responsável pelo acidente.

O seguro DPVAT não oferece cobertura também para, por exemplo, casos de incêndio ou roubo de veículos. Para ter esse tipo de cobertura, o proprietário do automotor deve contratar um seguro particular.

3. Quem pode pedir a indenização referente ao seguro DPVAT?

Podem pedir a indenização por invalidez permanente ou por despesas médicas a própria vítima que sofreu esses danos em um acidente de trânsito. Já a indenização por morte pode ser requerida ao seguro DPVAT pelo cônjuge ou um herdeiro legal da pessoa falecida.

Vale ressaltar que a indenização é realizada de forma individual, ou seja, todas as pessoas envolvidas no acidente, que sofreram danos, receberão o valor que lhes cabe.

4. O valor da indenização paga é cumulativo?

Depende da situação. Os valores pagos como indenização por morte ou invalidez permanente não são cumulativos. Caso a vítima envolvida no acidente venha a falecer, em decorrência dele, mas já tenha sido pago por invalidez permanente, o seguro DPVAT paga a indenização por morte aos herdeiros da vítima – deduzindo a quantia já paga pela invalidez.

Já se a vítima vier a falecer ou apresentar invalidez depois de ter passado por atendimento médico tem direito a nova indenização. Nesses casos, de acordo com as regras, os valores indenizados com despesas médicas não podem ser deduzidos do valor do ressarcimento.

5. Como acionar o seguro DPVAT?

Os envolvidos podem acionar o seguro DPVAT por meio empresa seguradora que representa o seguro DPVAT. Atualmente, quem administra o seguro DVAT é a Seguradora Líder.

A pessoa pode comparecer a um dos postos presenciais de atendimento da Seguradora Líder, que estão distribuídos por todo o país. Mas, primeiramente, vale entrar em contato via telefone para receber orientações.

O número de telefone para informações do DPVAT da Seguradora Líder é 0800 022 12 04 – que atende todo o país. No caso de deficientes auditivos ou de fala, é disponibilizado o número de telefone 0800 022 12 06.

A ligação é gratuita para todas as regiões do país. O atendimento para o seguro DPVAT funciona 24 h.

6. Como proceder para receber o valor da indenização do seguro DPVAT?

O procedimento a ser realizado para solicitar e receber a indenização do seguro DPVAT varia de acordo com a situação. Observe a seguir:

  • Ressarcimento por morte: O cônjuge ou um herdeiro legal da vítima falecida deve apresentar: a certidão de óbito, o registro de ocorrência emitido por autoridade policial competente e uma prova da qualidade de herdeiro legal.
  • Ressarcimento por invalidez permanente: A própria pessoa pode entregar os documentos. Nesse caso deverão ser apresentados: o laudo do Instituto Médico Legal da região onde ocorreu o acidente ou do local onde a vítima reside – neste laudo devem constar as informações sobre a existência e quantificação das lesões sofridas pela vítima e que caracterizam situação de invalidez permanente – e o registro de ocorrência emitido por autoridade policial competente.
  • Ressarcimento com despesas médicas e suplementares: a vítima deve apresentar o registro de ocorrência emitido pela autoridade policial competente, um laudo da instituição de saúde que atendeu a vítima do acidente (constando os procedimentos que foram realizados e os dados do médico responsável pelo atendimento), uma prova de que as despesas foram para cobrir os danos sofridos com o acidente e os comprovantes de pagamento das despesas médicas.

Se ainda restaram dúvidas, elas podem ser esclarecidas com a Seguradora Líder, pelos telefones: 0800 022 12 04 ou 0800 022 12 06 (para deficientes auditivos e de fala).